Alho: Saiba quais são os seus benefícios para a saúde

O alho está presente nas refeições diárias de muitos, seja no tempero da comida, ou no seu uso cru, mas você sabe o que é o alho, quais são suas propriedades e seus benefícios? Descubra aqui.

Picar ou amassar, temperar o alimento ou consumir cru, são diversos os benefícios do alho e formas de utilizá-lo, e apesar de utilizarmos o alho bastante na comida, ele também pode ser usado para outras finalidades, como um medicamento natural.

Com um cheiro inconfundível e o sabor forte também, ao refogamos a comida o alho por muitas vezes está presente, mas vocẽ sabe o que de fato é o alho, quais são suas propriedades, seus benefícios e malefícios, e suas contraindicações? Saiba tudo neste artigo.

Três cabeças de alhos inteiras, alguns dentes de alhos descascados em um pote de madeira, em cima de uma tábua de madeira.

Para iniciar, você sabia que o alho é uma planta? Pois é, entenda melhor logo abaixo.

O que é o alho?

O alho é uma planta comestível que pertence ao gênero Allium, que nasce em diversos lugares do mundo, e pode ser utilizado como tempero para comida ou para fins medicinais, seja picado, amassado, mastigado ou in natura.

Esse alimento é uma fonte de minerais que nutrem o organismo, contendo cálcio, potássio e magnésio. Além disso, o clássico cheiro do alho é causado pela alicina, um dos compostos sulfurados presentes no alho, que é capaz de proporcionar seu cheiro e ser um dos grandes responsáveis por suas propriedades funcionais.

Quais são as propriedades do alho?

Para que você saiba quais são as propriedades presentes no alho, trouxemos aqui a sua tabela nutricional, contendo todas as informações e quantidades para 100 g. Confira:

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL DO ALHO - 100 g
Componentes Quantidade por 100 g % VD (*)
Calorias (Valor Energético) 113.1 kcal = 475 6%
Carboidratos 23,9 g 8%
Proteínas 7,0 g 9%
Fibra Alimentar 4,3 g 17%
Fibras Solúveis 0,4 g -
Cálcio 13,6 g 1%
Piridoxina B6 0,4 mg 31%
Fósforo 149,1 mg 21%
Manganês 0,2 mg 9%
Magnésio 21,3 mg 8%
Lipídios 0,2 mg -
Ferro 0,8 mg 6%
Potássio 534,9 mg -
Cobre 2 ug 0%
Zinco 0,8 mg 11%
Tiamina B1 0,2 mg 14%
Sódio 5,4 mg 0%

Quais são os benefícios do alho?

Através dos compostos sulfúricos, ou seja, de enxofre, produzido pelo alho, pode-se ter diversos benefícios. Elencamos 15 dos principais benefícios do alho para a saúde, confira quais são eles:

1. Combate bactérias, vírus e fungos

O alho possui alicina, um composto sulfurado (enxofre) que é responsável pela ação antimicrobiana, combatendo bactérias, vírus e fungos. Além de eliminar toxinas e bactérias patológicas da flora intestinal, o que pode ser usado no tratamento de infecções por vermes;

2. É rico em nutrientes

Como você pode ver na tabela nutricional do alho, o alimento é rico em diversos nutrientes que contribuem para um bom sistema digestivo e remove as substâncias tóxicas do corpo, principalmente se ingerido cru;

3. Aumenta o tempo de vida

Apesar de não ser possível comprovar essa teoria de uma forma científica em humanos, pode ser considerado que os benefícios do alho são fatores que influenciam na longevidade, fazendo com que o indivíduo viva mais de forma saudável;

4. Previne o câncer de cólon

Isso por ter presente em seus compostos sulfurados (enxofre) a alicina, a aliina e o alhoeno, que previne o desenvolvimento de radicais livres, protegendo e desintoxicando as células do organismo, prevenindo o câncer de cólon;

5. Age na imunidade

O alho também possui efeito imunológico, ajudando a prevenir ou se curar de resfriados, gripes, e outras doenças. Segundo um estudo realizado, com duração de 12 semanas, pode-se constatar que um suplemento diário de cápsulas de alho diminui a quantidade de resfriados em até 63% comparado ao placebo.

6. Diminui o colesterol total e o LDL

Principalmente se ingerido de forma crua ou em cápsulas. Alguns estudos realizados mostraram que o alho pode diminuir os níveis de colesterol total e o LDL (também conhecido como “colesterol ruim”) de 10% a 15%. E segundo um estudo realizado na Rússia em 2005, foi identificado que o alho em pó pode diminuir o colesterol total consideravelmente.

7. Reduz a pressão arterial

A partir de alguns estudos realizados foi constatado que a suplementação com cápsulas de alho age na redução da pressão arterial em pessoas com pressão alta, evitando ataques cardíacos e derrames. Além disso, o alho é vasodilatador, ou seja, ele dilata os vasos sanguíneos, relaxando-os e beneficiando quadros de hipertensão arterial;

8. Melhora doenças inflamatórias

Isso por possuir compostos sulfúricos que também possuem efeito anti-inflamatório, o que diminui a resposta do organismo a algumas doenças que desencadeiam inflamações crônicas. Podendo ser usado em algumas doenças inflamatórias, para regular essa resposta do sistema imune e diminuir a dor;

9. Evita doenças respiratórias

O alho também possui propriedades expectorantes e antissépticas, o que ajuda a estimular as funções respiratórias, evitando ou tratando doenças como gripes, asma, bronquites, resfriados, entre outros problemas pulmonares;

10. Previne doenças cerebrais

Por conter antioxidantes, o alho age contra os radicais livres, que contribuem para o processo de envelhecimento, desintoxicando o organismo e contribuindo na prevenção de doenças cerebrais, como o Alzheimer e a demência. De acordo com alguns estudos, foi identicado que a suplementação com cápsulas de alho aumentam as enzimas de antioxidantes em seres humanos, o que contribui para a memória e reduz o estresse em pessoas com pressão alta;

11. Melhora a disposição para atividades físicas

Isso por diminuir a fadiga e aumentar a disposição para realizar atividades. Em um estudo realizado foi constatado que o alho pode reduzir a fadiga causada por exercícios físicos. No entanto, em outro estudo, realizado com nove ciclistas, nada foi constatado.

12. Ajuda na desintoxicação de metais pesados

Ao amassar, picar ou mastigar o alho, é formado compostos de enxofre, que podem proteger contra danos em órgãos causados por metais pesados. A partir de um estudo realizado com os funcionários de uma fábrica de bateria de automóveis apresentou que o alho diminui os níveis de chumbo no sangue em até 19%, além de evitar dores de cabeça e reduzir a pressão arterial;

13. Faz bem para a estrutura óssea

Principalmente em mulheres. Segundo um estudo realizado em mulheres na menopausa, foi constatado que o consumo de 2g de alho cru por dia, reduz o déficit de estrogênio, minimizando a perda óssea;

14. Reduz a queda de cabelo

Para isso é indicado ter primeiramente a orientação de um demartologista, que se necessário indicará o óleo de alho, que pode ser aplicado massageando os fios com as pontas dos dedos;

15. Melhora a saúde da pele

Evitando flacidez, rugas e outros sinais de envelhecimento da pele, por conter antioxidantes que protegem as células sadias contra a ação dos radicais livres, que são moléculas que impactam na pele.

Além de tudo isso, o seu consumo cru ainda pode ser afrodisíaco, melhorando a circulação sanguínea e atuando na impotência sexual. Ajuda na saúde do coração, ao evitar doenças cardiovasculares. Além de que, segundo uma pesquisa americana, pode reduzir o risco de ter câncer de próstata em até 50% para homens que consomem muito alho.

Quais são os malefícios do alho?

Quando consumido com moderação, o alho em si não possui malefícios, muito pelo contrário, possui diversos efeitos benéficos para a saúde como citados anteriormente. Entretanto, é importante ressaltar que, se consumido de forma excessiva pode fazer mal sim.

Seu consumo excessivo pode causar problemas digestivos, como cólicas, gases, vômitos, diarreia, dores de cabeça, dor nos rins e até tonturas. Portanto, o recomendado é consumir com moderação.

Para quem o consumo do alho é contraindicado?

O alho é um alimento saudável, mas para algumas pessoas ele pode fazer mal devido aos seus compostos. Veja abaixo em quais casos esse alimento é contraindicado:

  • Por quem tem problemas de coagulação sanguínea;
  • Quem toma remédios anticoagulantes;
  • Portadores de trombose;
  • Em casos de hemorragias;
  • Para mulheres que possui a menstruação muito abundante;
  • Para quem possui pressão arterial baixa;
  • Não deve ser consumido durante o pré e pós-operatório de qualquer cirurgia, até a dentária. Deve-se aguardar uma semana, antes e depois;
  • Consumidores de: gingko biloba, ulmaria, sauce, óleo de onagra, óleo de krill, pomelo ou castanha da índia - por possuírem ação anticoagulante;
  • O consumo de alho cru como remédio natural é contraindicado para recém-nascidos;
  • Não ingerir em caso de dores de estômago.

Como posso usar o alho?

O alho geralmente é utilizado para fins medicinais ou para temperar algum alimento, como o arroz, feijão e a carne. Veja abaixo algumas formas de se acrescentar o alho na sua alimentação para diferentes finalidades:

  • Chá de alho;
  • Água de alho;
  • Creme de alho para carnes.

E agora que você já sabe tudo sobre o alho e seus benefícios, que tal cuidar ainda mais da sua saúde e se consultar com um nutricionista? Faça uma cotação conosco, e encontre um plano de saúde perfeito para você ;)

Banner gif