10 benefícios da salsa (salsinha) que você precisa saber

Muito usada como tempero de comidas, a Salsa é uma planta com propriedades poderosas e que trás benefícios surpreendentes para a saúde que você precisa saber! Confira tudo aqui.

Pertencente à família Apiácea, a mesma do coentro, ou cheiro verde, e muito comum na culinária brasileira, a salsa, conhecida popularmente como salsinha, é uma planta rica em vitaminas A, B, C, E, K e ácido fólico, além de minerais que são muito importantes para a saúde, como o ferro, cobre e magnésio.

Mas você sabia que além de ser usada como tempero, a salsinha também é uma planta medicinal? Devido aos seus nutrientes, a salsa possui diversas propriedades capazes de prevenir doenças, como o câncer e a anemia, e até ajudar a emagrecer.

Quer saber mais sobre a salsa? Acompanhe esse artigo e se surpreenda com os benefícios que a planta pode oferecer!

Folhas de salsa.

De fácil localização, a salsinha pode ser encontrada em mercados e feiras, como também, ser plantada em casa. A planta custa em média R$1 (um real), o que a torna barata e acessível para todos.

E o que muitas pessoas não sabem é que a salsa possui ação diurética, ajudando no bom funcionamento dos rins, e também, pode atuar como um anti-inflamatório. Além disso, não sobra nada! A planta pode ser toda consumida, tanto as folhas, quanto as suas sementes e raízes, especialmente para fins medicinais.

Aliás, você sabia que não há apenas um tipo de salsa, mas sim, vários? Entenda melhor abaixo.

Quais são os tipos de salsas (salsinhas)?

Existem mais de 10 tipos de salsas conhecidas atualmente, entretanto, as mais consumidas são lisa, crespa e alemã. Veja quais são as diferenças entre elas três logo abaixo:

  • Lisa: é mais alongada;

  • Crespa: é mais grossa nas extremidades;

  • Alemã: tem raiz maior e cor branca.

Alguns dos outros tipos de salsichas são a salsa-de-hamburgo, a salsa japonesa e a salsa graúda portuguesa.

E aí? Qual é o seu tipo favorito de salsa? Veja agora o que compõe essa planta.

Qual é a composição nutricional da salsa (salsinha)?

Confira qual é a composição dessa planta em sua Tabela de Informação Nutricional, contendo todas as informações e quantidades para uma porção de 100 g de salsa crua, logo abaixo:

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL DA SALSINHA CRUA - 100 g
Componentes Quantidade por 100g % VD*
Calorias (Valor Energético) 33,4 kcal = 140 2%
Carboidratos 5,7 g 2%
Proteínas 3,3 g 4%
Fibra alimentar 1,9 g 8%
Fibras solúveis 0,5 g -
Gorduras saturadas 0,1 g 0%
Gorduras poliinsaturadas 0,2 g -
Vitamina B1 0,1 mg 7%
Vitamina B2 0,2 mg 15%
Vitamina B3 0,7 mg 4%
Vitamina B6 0,5 mg 38%
Vitamina C 51,7 mg 115%
Vitamina E 0,75 mg -
Vitamina K 1640 ug -
Cálcio 179,4 mg 18%
Fósforo 49,4 mg 7%
Manganês 1,9 mg 83%
Magnésio 20,9 mg 8%
Lipídios 0,6 g -
Ferro 3,2 mg 23%
Potássio 711,3 mg -
Cobre 0,2 ug 0%
Zinco 1,3 mg 19%
Sódio 2,3 mg 0%

As propriedades dessa planta são diversas, não é mesmo? E não para por aqui! Que tal saber quais são os 10 benefícios que a salsa pode trazer?

Quais são os 10 benefícios da salsa (salsinha) que você precisa saber?

Os benefícios dessa hortaliça são diversos, e você irá se surpreender com o poder deste alimento! Conheça os benefícios da salsa e como essa planta pode contribuir para a sua saúde e bem estar de forma positiva.

1 - Ajuda a controlar a diabetes

Por se tratar de um alimento diurético, a salsinha auxilia na redução da glicose do sangue, sendo super indicada para diabéticos. Mas, lembrando, além do consumo da salsa, portadores dessa doença devem seguir o tratamento indicado pelo seu médico.

2 - Fortalece o sistema imunológico

Por possuir propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, além de um alto teor de vitamina C, que contém propriedades antioxidantes, a salsinha fortalece o sistema imunológico, evitando doenças como a gripe, resfriados, entre outras.

3 - Melhora o sistema digestório

Por ser rica em fibras e nutrientes, essa erva contribui para uma boa digestão dos alimentos consumidos nas refeições diárias, ajudando a prevenir cólicas e flatulências. Além de substâncias laxativas e diuréticas, evitando prisão de ventre e a retenção de líquidos.

4 - Previne a anemia

Por ter um alto teor de ferro e ácido fólico, a salsinha ajuda a prevenir a anemia, ao facilitar o transporte de oxigênio para o sangue.

5 - Fortalece os ossos

Esse alimento é rico em vitamina K, o que ajuda a evitar excesso de perda óssea, deixando os ossos mais fortes e resistentes. Além disso, essa hortaliça possui apigenina, uma substância que auxilia na formação e manutenção dos ossos.

6 - Faz bem para a pele

Por ser rica em vitamina C, K e flavonoides, especialmente a luteolina, essa planta possui propriedades antioxidantes, capazes de prevenir o envelhecimento precoce, e evitar estrias, flacidez, rugas e olheiras. Além disso, a salsa contém eugenol, um antisséptico que ajuda no combate à acne, além de infecções e microorganismos no corpo.

7 - Previne o câncer

A salsa possui uma substância chamada carsonol, que atua de forma benéfica contra o câncer de próstata, mama, colo de útero, pele, entre outros, por ativar a glutationa, um forte antioxidante no organismo.

8 - Faz bem para os rins

A salsinha conta com propriedades diuréticas, possuindo duas substâncias denominadas de apiol e miristicina, que são óleos essenciais capazes de estimular a eliminação de líquidos e limpar os rins, o que pode ajudar a expulsar as pedras nos rins e limpá-lo.

9 - Contribui para a saúde cerebral

Essa planta é uma fonte de vitamina B9 e ácido fólico, o que contribui para o melhor funcionamento do cérebro e a prevenção e o combate de doenças como a ansiedade e depressão. Além de evitar a fadiga e o estresse.

10 - Previne doenças cardiovasculares

Devido a sua grande quantidade de fibras e antioxidantes, a salsinha ajuda a diminuir o colesterol ruim (HDL) e os triglicérides, evitando doenças cardiovasculares. Além de também controlar a hipertensão, por se tratar de um alimento diurético, conter quercetina, um flavonoide essencial para o bom funcionamento cardiovascular e prevenir o excesso de sal no organismo, que pode causar doenças cardiovasculares.

E além de tudo isso, a salsa também ajuda a emagrecer, acredita? Auxiliando na eliminação de líquidos do corpo e contribuindo para a uma boa digestão das refeições diárias. A salsinha ainda estimula a liberação de enzimas no estômago capazes de melhorar o seu funcionamento e controlar o apetite.

E que tal conferir umas receitinhas de como consumir essa planta? Veja a seguir.

Como consumir a salsa (salsinha)?

A salsa geralmente é utilizada como um condimento na comida, mas também pode ser consumida de outras formas, conheça algumas delas a seguir:

1 - Salsa mexicana

2 - Suco diurético de cenoura e salsinha

3 - Chá de salsa para emagrecer

E agora que você já sabe tudo o que precisa saber sobre a salsa para a sua saúde, que tal se consultar com um nutricionista? Faça uma cotação conosco e encontre um plano de saúde sob medida para você ;)

Banner gif